Header Ads

Últimos posts

Como a tecnologia mudou as nossas vidas em duas décadas

O ano é 1999. A era dos computadores e internet estava ainda no começo, sendo o uso majoritariamente por grandes empresas, como uma ferramenta exclusiva de trabalho e estudo.

Hoje, duas décadas depois, vemos que a tecnologia mudou radicalmente as nossas vidas. O avanço tecnológico, com o desenvolvimento de máquinas e eletrônicos impactaram e continuam impactando diretamente os nossos hábitos cotidianos e modelo de vida. 

NA INTERNET


Para se ter uma ideia mais clara, em 1999 a internet banda larga sequer havia chegado ao Brasil e a única forma de acesso era por meio de uma conexão discada via modem. Além da lentidão do sinal e o preço abusivo praticado pelas operadoras da época, não era possível utilizar o telefone fixo e acessar a internet ao mesmo tempo, porque ambos precisavam da linha telefônica para funcionar.

Hoje, as pessoas já nascem inseridas na internet, podendo ficar o dia inteiro conectadas, seja por meio de uma banda larga (direta ou Wi-Fi) ou mesmo por planos de dados móveis, ofertados pelas operadoras de celular. Além das facilidades dos novos recursos, o custo é muito menor e há uma maior variedade de planos, benefícios e, consequentemente, valores, de acordo com a necessidade de cada perfil de usuário. 

NO CINEMA

A TV e o cinema eram os maiores meios de entretenimento em 1999. Ambos viviam os seus anos dourados. Entre a década de 90 e o início dos anos 2000, clássicos como Titanic, Matrix, A Múmia, Jurassic Park, Matilda, Ace Ventura e o nacional Lua de Cristal (aquele em que Serginho Malandro interpretou o 'príncipe encantado' da Xuxa, rs) são alguns exemplos de filmes que marcaram a época, com roteiros inovadores e efeitos especias que, para a época, mudaram o modo de se fazer cinema. Já na TV, os programas de auditório dominavam a audiência e eram o principal ponto de encontro das famílias brasileiras - isso sem contar a influência que os programas e noticiários televisionados tinham sobre os hábitos e comportamentos das pessoas.


Mas o jogo virou (não é mesmo?). E a TV tem perdido cada vez mais espaço para o crescente avanço dos serviços de streaming. A Netflix, por exemplo, que começou como um serviço online de locação de filmes, é hoje o principal serviço de entretenimento por internet do mundo. São mais de 130 milhões de assinantes e oferece desde um catálogo com milhares de filmes, séries, desenhos e outras produções de diversos estúdios e produtoras à um crescente número de produções originais próprias, que tem revolucionado a mídia audiovisual, gerando mais buzz que qualquer lançamento dos cinemas, sendo reconhecida em grandes premiações como o Emmy e uma inédita indicação ao Oscar, com o longa 'Roma'. Só por curiosidade, a Netflix foi tema do estudo de caso do meu TCC, então eu poderia passar horas falando sobre as inovações e recordes da empresa.

NA MÚSICA

Em 1999, já era possível fazer download de músicas por meio dos programas Kazaa, Napster e Emule, mas era uma verdadeira prova de resistência, não só pela demora, como pelo enorme risco de baixar de brinde, um vírus para o seu computador. Para se ter uma ideia, a velocidade máxima, na época, era de apenas 50Kb/s (não dá nem para imaginar como isso seria o inferno na Terra, nos dias de hoje). Outra forma de ouvir música e acompanhar os principais lançamentos e sucessos, era por meio das rádios ou a compra de CDs físicos.


Vinte anos depois, nunca foi tão fácil ouvir uma música. Com os aplicativos Spotify, Deezer e YouTube, temos um catálogo imenso de músicas que podem ser acessadas em qualquer lugar gratuitamente, precisando apenas de uma conexão com internet. Além disso, assinando os planos premium, há opção de criar playlists e baixar nossas músicas favoritas para ouvir offline. 

NOS RELACIONAMENTOS


Há vinte anos, a única forma segura de conhecer novas pessoas era falando com elas e as conhecendo pessoalmente. Hoje, a maioria das relações começam na internet e podem ou não evoluir para um contato pessoal. Amizades virtuais e webnamoros são cada vez mais comuns, com o adicional de que podemos conhecer e nos relacionar com pessoas de qualquer lugar do mundo. Mas nem tudo é tão positivo assim, ao mesmo tempo que a internet tem nos aproximado de pessoas à distância, tem também contribuído para um distanciamento e convívio anti-social. Relacionamentos rasos, problemáticos e de pouca conexão. Algo pra gente sempre refletir e buscar ponderar! #FicaADica

NA FOTOGRAFIA

Em 1999, era impossível fotografar e filmar com um mesmo aparelho. Era preciso no mínimo uma câmera fotográfica, uma filmadora (que era pesada pra dedéu) e várias caixinhas de filme, para garantir que nenhum momento ficaria sem ser registrado. Hoje, temos tudo isso na palma da mão, com a câmera de um smartphone, que dependendo do modelo e especificações, pode ser tão boa e por vezes até melhor que uma câmera profissional. Além disso, as fotos podem ser instantaneamente publicadas nas redes sociais ou na nuvem, para evitar que sejam perdidas. 
Obviamente que há muitos outros exemplos de mudanças de hábitos que foram diretamente impactadas pelo avanço da tecnologia. Você consegue citar alguma? Aproveita pra compartilhar aí nos comentários ou nas suas redes sociais.
Até a próxima!

Um comentário:

  1. Gostei muito do post. Eu participei de todas essas mudanças.
    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    O blog está em HIATUS DE VERÃO até o dia 23 de fevereiro, mas tem post novo. Comentarei nos blog amigos nesse período.

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.