Header Ads

Últimos posts
recent

Como surgiu: a origem da pizza

    Hoje, dia 10 de julho, é comemorado o Dia da Pizza, e nada melhor que falar sobre uma das minhas comidas favoritas para iniciar esse novo blog.

   Apesar da receita ser tipicamente italiana, a sua origem data-se desde a antiguidade, há cerca de 6000 a.C., em que os egípcios são apontados como os primeiros responsáveis pela receita dos pães, ao misturar a farinha de trigo e água e, assim, descobrir a fermentação da massa, que é o ingrediente principal da pizza que temos hoje. Com o passar dos anos, egípcios, babilônios e hebreus passaram a enriquecer a massa e moldar em discos finos, que eram assados em fornos rústicos. Essa massa era chamada de “pão de abraão”, muito parecida com os pães árabes atuais.

   Já os fenícios, três séculos antes de Cristo, foram os primeiros a acrescentar coberturas de carne e cebola aos pães. A prática foi ganhando popularidade entre os povos da época, gregos e turcos passaram a usar variados ingredientes e especiarias sobre a massa. Até que, durante as Cruzadas, no século XI, a massa chegou ao porto de Nápoles, na Itália. Foi então, nessa época, que surgiu o termo “picea”, que indicava um disco de massa assada com ingredientes por cima. Com o passar dos anos e o surgimento de várias formas locais da palavra, o termo pizza é finalmente popularizado em toda a Itália e as massas e coberturas aperfeiçoadas e o queijo e tomate, ingredientes básicos da receita atual, incorporados.

A primeira pizzaria

    Conhecida como “Pietro... e basta cosi”, a primeira pizzaria do mundo foi inaugurada em 1780, por Pietro Colicchio, na cidade de Nápoles. As pizzarias da época, assim com as tradicionais encontradas hoje, mantinham o formato de forno à lenha, balcão de mármore para a preparação da massa e o balcão externo onde os clientes escolhem os ingredientes para compor os diferentes tipos e sabores de pizza. Os elementos originais que ainda hoje fazem parte da maioria das pizzarias italianas e em todo o mundo. 



A pizza hoje

    Apesar da receita como conhecemos hoje ter surgido na Itália, os principais consumidores de pizza no mundo são os Estados Unidos e Brasil, em especial as cidades de Nova Iorque e São Paulo. 

    No Brasil, a pizza chegou em São Paulo no final do século XIX, com os primeiros imigrantes italianos e mesmo antes da inauguração das pizzarias em território brasileiro, as pizzas já eram consumidas e vendidas pelas ruas, em feiras e barracas. O bairro paulistano Brás foi o berço das primeiras pizzarias brasileiras, onde a já extinta Cantina Santa Genovena foi a primeira a ser inaugurada, no ano de 1910.

Mas e como surgiu o Dia da Pizza?

    A data foi instituída no ano de 1985, em São Paulo, pelo, então, secretário de turismo, Caio Luís de Carvalho. Durante o mês de julho deste mesmo ano, foi realizado um concurso estadual de receitas de pizzas, que tinha como objetivo eleger as 10 melhores receitas de pizza de mussarela e margherita, as mais tradicionais e populares no Brasil. O sucesso do evento foi tamanho, que decidiram escolher o dia de encerramento, 10 de julho, como data oficial de comemoração da Pizza. 

    Só digo uma coisa: toda essa história me deixou com água na boca e uma pizza de margherita e metade tomate seco e rúcula cairia muito bem agora. Aliás, conta aqui para mim, qual o seu sabor favorito de pizza? Durante anos, o meu era frango, até que esse ano eu conheci a maravilhosa tomate seco e rúcula. Qual o seu?

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.